Lendário Cruzeiro vê recorde na Libertadores ameaçado pelo Palmeiras – Superesportes

Jogadores do Cruzeiro com a taça da Copa Libertadores de 1976 foto: Arquivo/EM

Jogadores do Cruzeiro com a taça da Copa Libertadores de 1976

O lendário time do Cruzeiro de 1976 fez grandes jogos, conquistou a Copa Libertadores e marcou época. Passados quase 46 anos do título – o primeiro dos dois do clube na competição -, a equipe vê um recorde que alcançou ser ameaçado pelo Palmeiras (veja na galeria abaixo). Palmeiras (2021-2022) - O já histórico time comandado pelo técnico português Abel Ferreira vem acumulando recordes na Copa Libertadores. Em série que continua em vigor, o Palmeiras soma oito vitórias consecutivas. A primeira foi a final de 2021, vencida por 2 a 1 sobre o Flamengo, em Montevidéu. As outras sete ocorreram nesta edição do torneio - seis na fase de grupos e uma sobre o Cerro Porteño, na partida de ida das oitavas de final. Vem mais por aí? Palmeiras (2021-2022) – O já histórico time comandado pelo técnico português Abel Ferreira vem acumulando recordes na Copa Libertadores. Em série que continua em vigor, o Palmeiras soma oito vitórias consecutivas. A primeira foi a final de 2021, vencida por 2 a 1 sobre o Flamengo, em Montevidéu. As outras sete ocorreram nesta edição do torneio – seis na fase de grupos e uma sobre o Cerro Porteño, na partida de ida das oitavas de final. Vem mais por aí? – foto: Norberto Duarte/AFP Cruzeiro (1976) - O lendário time de Raul, Nelinho, Piazza, Zé Carlos, Palhinha, Joãozinho, Zezé Moreira e companhia conquistou a América para o Cruzeiro pela primeira vez em 1976. Na campanha, venceu oito jogos seguidos, contra Sportivo Luqueño, Internacional, Olimpia, LDU (duas vezes), Alianza Lima (duas vezes) e River Plate, o rival da decisão. Cruzeiro (1976) – O lendário time de Raul, Nelinho, Piazza, Zé Carlos, Palhinha, Joãozinho, Zezé Moreira e companhia conquistou a América para o Cruzeiro pela primeira vez em 1976. Na campanha, venceu oito jogos seguidos, contra Sportivo Luqueño, Internacional, Olimpia, LDU (duas vezes), Alianza Lima (duas vezes) e River Plate, o rival da decisão. – foto: Arquivo/EM Peñarol (1966) - O primeiro time a conseguir a façanha de oito vitórias consecutivas na Copa Libertadores foi o Peñarol. Em 1966, a campanha começou de forma traumática: goleada por 4 a 0 sofrida contra o arquirrival Nacional e revés por 1 a 0 diante do Jorge Wilstermann. Depois disso, porém, a equipe emendou a sequência de triunfos. No fim das contas, conseguiu o tricampeonato continental. Peñarol (1966) – O primeiro time a conseguir a façanha de oito vitórias consecutivas na Copa Libertadores foi o Peñarol. Em 1966, a campanha começou de forma traumática: goleada por 4 a 0 sofrida contra o arquirrival Nacional e revés por 1 a 0 diante do Jorge Wilstermann. Depois disso, porém, a equipe emendou a sequência de triunfos. No fim das contas, conseguiu o tricampeonato continental. – foto: Reprodução/Conmebol Estudiantes (1968-1970) - Tetracampeão da América, o Estudiantes conseguiu os três primeiros títulos em sequência, entre 1968 e 1970. No período, alcançou, também, a marca de oito vitórias consecutivas. Para alcançar a marca, derrotou Palmeiras, Universidad Católica (duas vezes), Nacional (duas vezes), River Plate (duas vezes) e Peñarol. Estudiantes (1968-1970) – Tetracampeão da América, o Estudiantes conseguiu os três primeiros títulos em sequência, entre 1968 e 1970. No período, alcançou, também, a marca de oito vitórias consecutivas. Para alcançar a marca, derrotou Palmeiras, Universidad Católica (duas vezes), Nacional (duas vezes), River Plate (duas vezes) e Peñarol. Vasco (2001) - Em 2001, a busca do Vasco pelo bicampeonato da América começou de forma impressionante, com oito vitórias consecutivas. Naquela campanha, derrotou América de Cali, Deportivo Táchira, Peñarol e Deportes Concepción, duas vezes cada. A série caiu ante o Boca Juniors, que o eliminou nas quartas de final e rumou ao título. Vasco (2001) – Em 2001, a busca do Vasco pelo bicampeonato da América começou de forma impressionante, com oito vitórias consecutivas. Naquela campanha, derrotou América de Cali, Deportivo Táchira, Peñarol e Deportes Concepción, duas vezes cada. A série caiu ante o Boca Juniors, que o eliminou nas quartas de final e rumou ao título. – foto: Miguel Rojo/AFP Santos (2007) - Em 2007, o Santos iniciou na fase preliminar aos grupos e venceu duas vezes. Na fase de grupos, ganhou outras seis, alcançou oito triunfos consecutivos e avançou às oitavas de final com 18 pontos. Na primeira partida do mata-mata, porém, empatou com o Caracas, do México, e viu a série cair. Acabou eliminado na semifinal pelo Grêmio. Santos (2007) – Em 2007, o Santos iniciou na fase preliminar aos grupos e venceu duas vezes. Na fase de grupos, ganhou outras seis, alcançou oito triunfos consecutivos e avançou às oitavas de final com 18 pontos. Na primeira partida do mata-mata, porém, empatou com o Caracas, do México, e viu a série cair. Acabou eliminado na semifinal pelo Grêmio. – foto: Mauricio Lima/AFP Ver todas

Veja na galeria os times com mais triunfos consecutivos na competição

Saiba mais

De olho na 'lei do ex': Vila Nova tem 4 atletas que passaram pelo Cruzeiro

De olho na ‘lei do ex’: Vila Nova tem 4 atletas que passaram pelo Cruzeiro

Palmeiras goleia Cerro Porteño e encaminha classificação na Libertadores

Palmeiras goleia Cerro Porteño e encaminha classificação na Libertadores

Na campanha de 1976, o Cruzeiro atingiu oito vitórias consecutivas na Libertadores, número máximo na história (ao lado de outras equipes). Nessa quarta-feira, o Palmeiras igualou a marca ao derrotar o Cerro Porteño por 3 a 0, no Paraguai, pelo jogo de ida das oitavas de final.O time de Raul, Nelinho, Piazza, Zé Carlos, Palhinha, Joãozinho, Zezé Moreira e companhia venceu, em 1976, Sportivo Luqueño, Internacional, Olimpia, LDU (duas vezes), Alianza Lima (duas vezes) e River Plate, o rival da decisão.Já o Palmeiras alcançou a marca ao superar Flamengo (na final de 2021), Deportivo Táchira (duas vezes), Emelec (duas vezes), Independiente Petrolero (duas vezes) e Cerro Porteño.A equipe do técnico Abel Ferreira pode se isolar como recordista na próxima quarta-feira (6), quando recebe o Cerro no Allianz Parque, no jogo de volta das oitavas de final.

Outros recordistas

Cruzeiro e Palmeiras não são os únicos times que conseguiram oito triunfos seguidos no principal torneio continental. A primeira equipe a alcançar a marca foi o Peñarol, em 1966, ano do tricampeonato da América. Depois, Estudiantes (entre 1968 e 1970), o Vasco (2001) e o Santos (2007) atingiram o número.

Admin

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.