Seleção Brasileira bate Eslovênia e vence a segunda pela Liga das Nações – Superesportes

Brasil teve certo trabalho, mas bateu a Eslovênia pela Liga das Nações foto: Wander Roberto/Inovafoto/CBV

Brasil teve certo trabalho, mas bateu a Eslovênia pela Liga das Nações

O Brasil venceu a Eslovênia por 3 a 1, nesta quinta-feira, no Ginásio Nilson Nelson, em Brasília, pela segunda rodada da Liga das Nações de Vôlei. A Seleção Brasileira chegou a perder um set, mas ganhou com parciais de 25/21, 21/25, 25/20 e 25/16, e manteve o aproveitamento de 100%. O Brasil, que na estreia derrotou a Austrália por 3 sets a 0, terá descanso nesta sexta-feira e voltará a jogar no sábado, diante dos Estados Unidos. O clássico mundial será às 15h, novamente em Brasília, que recebe os jogos do time comandado pelo técnico Renan Dal Zotto nesta primeira semana da Liga das Nações. A Seleção defende o título, já que foi campeã em 2021 ao bater a Polônia na decisão, na Itália. 

O JOGO 

O Brasil começou atrás devido a um erro de saque, mas protagonizou um período muito acirrado. Depois de marcar 19 pontos, a Seleção Brasileira conseguiu um respiro, abriu vantagem e então levou o set por 25 a 21.

Saiba mais

Seleção Brasileira vence a Austrália na estreia pela Liga das Nações

Seleção Brasileira vence a Austrália na estreia pela Liga das Nações

Lucarelli desfalca o Brasil na etapa de Brasília da Liga das Nações

Lucarelli desfalca o Brasil na etapa de Brasília da Liga das Nações

Ex-Cruzeiro, levantador Cachopa é oficializado pelo Monza, da Itália

Ex-Cruzeiro, levantador Cachopa é oficializado pelo Monza, da Itália

Em mais um set equilibrado, a seleção chegou a estar à frente, mas a Eslovênia aproveitou alguns erros para deixar a parcial a seu favor. Os visitantes cresceram de produção e tiraram proveito das brechas dadas pelos brasileiros para fechar a parcial por 25 a 21 e empatar o jogo.No terceiro, a vantagem da Eslovênia durou apenas no primeiro ponto. O set parecia mais tranquilo para o Brasil, mas o time europeu esboçou reação e encostou no placar. Entretanto, no set point, a equipe de Dal Zotto não desperdiçou e fechou por 25 a 20, com ponto de Rodriguinho, ponteiro do Cruzeiro e um dos destaques da partida. O Brasil venceu o último set e garantiu a segunda vitória pela Liga das Nações. Com boa atuação brasileira, a equipe conseguiu uma vantagem maior e fechou mais uma parcial por 25 a 16.O maior pontuador do jogo foi o oposto Mozic, da Eslovênia, com 22 acertos. Pelo Brasil, Alan, com 18 pontos, foi mais efetivo no ataque e repetiu o desempenho positivo no triunfo sobre os australianos, na estreia.

Admin

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.