O que o Cruzeiro pode esperar do jogo no Rio? Setoristas do Flu opinam – Superesportes

Cruzeiro retorna ao Maracanã após derrota por 1 a 0 para o Vasco, pela Série B foto: Staff Images/Cruzeiro

Cruzeiro retorna ao Maracanã após derrota por 1 a 0 para o Vasco, pela Série B

Em realidades bem distintas, Fluminense e Cruzeiro se enfrentam nesta quinta-feira (23), às 19h, no Maracanã. A partida válida pela ida das oitavas de final da Copa do Brasil começará a definir uma vaga na próxima fase do torneio mata-mata. O duelo de volta será em 12 de julho, às 21h, no Mineirão.Consultados pelo Superesportes, jornalistas que realizam a cobertura jornalística diária do Fluminense opinaram sobre o confronto. Todos eles destacaram a irregularidade do Tricolor e os questionamentos ao trabalho do técnico Fernando Diniz, que assumiu o comando da equipe no fim de abril.

Saiba mais

Números de Rafael no Cruzeiro são superiores aos de Fábio no Fluminense

Números de Rafael no Cruzeiro são superiores aos de Fábio no Fluminense

Cruzeiro encara Fluminense e Fábio por vaga milionária na Copa do Brasil

Cruzeiro encara Fluminense e Fábio por vaga milionária na Copa do Brasil

“A equipe de Fernando Diniz tem alternado em jogos espetaculares e partidas para esquecer. Muito por causa do estilo de jogo do treinador. Quando não encaixa, o Plano B dificilmente funciona”, opinou Marcello Neves, dos jornais O Globo e Extra.Para Luiza Sá, repórter do Lance!, há uma pressão por melhores resultados dentro do  Maracanã, casa do Fluminense e palco do jogo desta quinta. “O Fluminense chega motivado para o jogo com o Cruzeiro, mas não deixa de estar pressionado. Diniz pode até ter pouco tempo no comando ainda, mas o time oscila demais e tem tido dificuldades para entregar resultados em casa”, avaliou a jornalista.Leia abaixo, na íntegra, a opinião dos jornalistas sobre o momento do Fluminense e a percepção do Cruzeiro no Rio de Janeiro:

Victor Lessa, das rádios Globo e CBN

“O Fluminense vem oscilando resultados e desempenhos. A equipe fez um grande jogo contra o Atlético, mas depois teve duas atuações muito ruins contra Atlético-GO e América-MG. Na última partida, diante do Avaí, não fez uma bela exibição, mas foi uma atuação equilibrada o suficiente para garantir a vitória, depois de duas derrotas consecutivas. No momento, o ambiente é de confiança e boa expectativa, tanto que a torcida já comprou mais de 36 mil ingressos para o jogo diante do Cruzeiro. Há uma confiança de que o time vai conseguir encaixar uma sequência de jogos e resultados, até porque serão, ao todo, cinco partidas consecutivas no Rio de Janeiro.Tecnicamente, com certeza o Fluminense é melhor e, por isso, o favorito para o confronto. No entanto, o Cruzeiro pode igualar na competitividade, a mesma que vem mostrando de sobra na Série B. Tem bons jogadores como Bidu e Jaja, além do artilheiro Edu. Então, creio que existe uma diferença técnica, mas que pode ser reduzida pelo empenho e dedicação do Cruzeiro. Ou seja, com certeza é possível avançar, mesmo não sendo o favorito”

Marcello Neves, dos jornais O Globo e Extra

“O Fluminense chega com irregularidade. A equipe de Fernando Diniz tem alternado em jogos espetaculares e partidas para esquecer. Muito por causa do estilo de jogo do treinador. Quando não encaixa, o Plano B dificilmente funciona.A sensação aqui é que o Cruzeiro é uma equipe de Série A na Série B. Além, claro, de ser o Cruzeiro por si só. Por estar sobrando na segunda divisão, é visto como um adversário durissimo. Os torcedores preferiram pegar um adversário de menor expressão da A do que o Cruzeiro no sorteio”.

Luiza Sá, do jornal Lance!

“O Fluminense chega motivado para o jogo com o Cruzeiro, mas não deixa de estar pressionado. Diniz pode até ter pouco tempo no comando ainda, mas o time oscila demais e tem tido dificuldades para entregar resultados em casa.A Copa do Brasil é essencial não só no âmbito esportivo, porque é uma chance de título que o Flu ainda acredita que pode conquistar, mas principalmente no lado financeiro. Sem Libertadores e Sul-Americana, a premiação é fundamental no orçamento. O Flu vive a expectativa da saída do Luiz Henrique e da aposentadoria do Fred e já está no mercado por isso. Alan foi contratado e Marrony está em negociação.Na minha opinião, entende-se que o Cruzeiro era um dos “melhores cenários” para o Fluminense, mas ao mesmo tempo é um time muito complicado. Isso porque o Flu poderia pegar um clássico ou uma equipe forte da Série A. Mas o Cruzeiro tem um time muito organizado, por isso é líder da Série B. Avalio o Fluminense como favorito, mas não com tanta distância assim. Deve ser um confronto equilibrado”.

Admin

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.