Nadal vence Djokovic em mais de 4h de jogo e avança em Roland Garros – Superesportes

Nadal comemora a vitória, enquanto Djokovic guarda a raquete, frustrado foto: Christophe Archambault/AFP

Nadal comemora a vitória, enquanto Djokovic guarda a raquete, frustrado

Em mais uma batalha entre os dois astros do tênis mundial, Rafael Nadal levou a melhor sobre Novak Djokovic em uma batalha que durou 4h12min nas quartas de final de Roland Garros. O espanhol venceu por 3 sets a 1 (6/2, 4/6, 6/2 e 7/6) e vai encarar o alemão Alexander Zverev nas semifinais. O jogo entre Nadal e Zverev, que vale classificação para a decisão, será nesta sexta-feira, por volta das 9h45 (de Brasília). A semifinal representará mais um confronto entre dois tenistas entre os cinco melhores do mundo. O alemão é o terceiro na lista da ATP, enquanto o Touro Miúra é o quinto. Rafael Nadal buscará o 14º título em Roland Garros. Com 13 taças no tradicional Grand Slam de Paris, o Touro Miúra é o maior vencedor do torneio. O espanhol jogará também pela 21ª conquista relevante na carreira – é o que mais ganhou competiçoes majors no tênis mundial, superando Djokovic e Roger Federer, com 20 cada. Com a derrota, além de deixar escapar a chance de voltar a conquistar Roland Garros, Djokovic perderá a liderança do ranking mundial. Zverev, que enfrentará Nadal nas semifinais em Paris, assumirá o topo caso conquiste Roland Garros. Do contrário, o novo número um será o russo Daniil Medvedev. Astros se cumprimentam após batalha: espanhol busca 14º troféu em Paris foto: Anne-Christine Poujoulat/AFP

Astros se cumprimentam após batalha: espanhol busca 14º troféu em Paris

Zverev se classificou para as semifinais ao dar o troco na sensação do tênis, o espanhol Carlos Alcaraz. O alemão foi batido pelo jovem de Múrcia na final do Masters 1000 de Madrid, mas devolveu o revés e bateu a revelação por 3 sets a 1 nas quartas de final em Roland Garros. As parciais foram de 6/4, 6/4, 4/6 e 7/6.Nadal, que teve a maioria da torcida a favor na quadra Philippe-Chatrier, disse que se sente em casa em Roland Garros. “É muito emocionante para mim. Muito, muito, muito obrigado a todos vocês. Todo mundo sabe o quão importante pra mim é jogar aqui. É o torneio mais importante da minha carreira. Muito obrigado”, destacou. Ele ainda exaltou mais um grande resultado diante de um dos melhores do mundo, em Roland Garros. “Foi uma partida muito dura. Novak é um dos maiores tenistas de todos os tempos, sem a menor dúvida. Temos uma linda história juntos. É uma noite mágica para mim, um nível incrível”, acrescentou o Touro Miúra. O confronto desta terça-feira marcou o 59º encontro entre os tenistas, no qual o sérvio leva pequena vantagem. Com o resultado, Nadal agora possui 29 vitórias contra 30 de Djokovic. Entretanto, em Roland Garros, o espanhol é bastante superior – em dez duelos, são oito triunfos e apenas duas derrotas. Ao eliminar o rival em 2022, o Touro Miúra devolveu o revés para Djoko nas semifinais do ano passado, quando perdeu por 3 sets a 1. 

Admin

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.