Coluna do Nicola: Cruzeiro tem a 3ª maior folha da Série B; veja o ranking – Superesportes

Jorge Nicola revela o ranking de folhas salariais da Série B do Brasileiro foto: Coluna do Jorge Nicola

Jorge Nicola revela o ranking de folhas salariais da Série B do Brasileiro

O Cruzeiro de Paulo Pezzolano foi capaz de alcançar a melhor campanha da história da Série B após 11 rodadas mesmo sem ter a maior folha salarial da edição 2022. Pelo contrário. Os custos de elenco e comissão técnica são de R$ 2,7 milhões por mês, conforme uma fonte cruzeirense.

Saiba mais

Cruzeiro registra lucro de R$ 891 mil com bilheteria de jogo contra o CRB

Cruzeiro registra lucro de R$ 891 mil com bilheteria de jogo contra o CRB

Cruzeiro x Vasco no Maracanã tem polêmica final de 1974; relembre histórico

Cruzeiro x Vasco no Maracanã tem polêmica final de 1974; relembre histórico

Joia do Palmeiras, Messinho, ex-Cruzeiro, renova contrato com a Nike

Joia do Palmeiras, Messinho, ex-Cruzeiro, renova contrato com a Nike

Cruzeiro foi o quarto clube que mais cresceu nas redes sociais em maio

Cruzeiro foi o quarto clube que mais cresceu nas redes sociais em maio

Série B: diferença do Cruzeiro para o 5º é maior que do lanterna para o G4

Série B: diferença do Cruzeiro para o 5º é maior que do lanterna para o G4

Tais gastos equivalem, por exemplo, a quase quatro vezes menos do que os do Grêmio, que desembolsa R$ 10,5 milhões a cada 30 dias. O departamento de futebol tricolor é completamente deficitário, diante da queda drástica de receitas com o rebaixamento. Não fosse pela venda de Vanderson ao Monaco por 12 milhões de euros, na virada do ano, e o rival “mais rico” do Cruzeiro na Série B estaria passando enorme aperto financeiro.O ranking feito pela coluna se baseia em números divulgados por dirigentes dos próprios clubes. Entre o líder Grêmio e o terceiro colocado Cruzeiro, ainda aparece o Vasco, cuja folha é de R$ 3,5 milhões mensais. Sport e Bahia, dois outros importantes candidatos ao acesso, aparecem na sequência, com R$ 2,1 milhões e R$ 1,9 milhão, respectivamente.Vale a lembrança de que a folha do Cruzeiro hoje é bem inferior à do próprio clube nos dois primeiros anos de Série B. Em 2020, por exemplo, eram mais de R$ 5,5 milhões mensais, contra R$ 4 milhões da temporada passada. Em nenhum dos dois anos, a Raposa conseguiu figurar no G4.Abaixo, o ranking com os vencimentos de 15 dos 20 integrantes da Série B. Ituano, Criciúma, Tombense, Brusque e Sampaio Corrêa ainda não tiveram suas folhas reveladas, mas a coluna promete atualizar tal lista com novidades.

RANKING DAS FOLHAS SALARIAIS NA SÉRIE B

Admin

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.